23/08/2011

Mauá promove 3ª Conferência Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres
Durante evento, realizado neste sábado, participantes discutiram direitos femininos em áreas como saúde e segurança

 

A Prefeitura de Mauá realizou neste sábado (20/08) a 3ª Conferência Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres. Durante o evento, promovido das 7h30 às 16h, no Teatro Municipal, foram aprovadas propostas que fortalecem direitos femininos em diversas áreas, como saúde, segurança e mercado de trabalho. Estiveram presentes o prefeito Oswaldo Dias, a primeira-dama e secretária de Assistência Social, Celma Dias, o secretário de Governo, José Luiz Cassimiro, e o deputado estadual Donisete Braga. A programação contou ainda com a palestra da advogada e fundadora da União de Mulheres de São Paulo, Maria Amélia de Almeida Teles.

Entre as reivindicações, levantadas em seis pré-conferências ocorridas no Jardim Zaíra, São João, Feital, Vila Mercedes, Centro e Parque das Américas, está a criação de centro de referência e atendimento às mulheres em situação de violência. O plenário também aprovou, entre outras medidas, a descentralização dos serviços prestados no CAPS AD, com equipes itinerantes, e o funcionamento em tempo integral da Delegacia da Mulher, com atendimento humanizado e ouvidoria.
A responsabilidade pela execução das propostas foi dividida segundo as atribuições dos governos municipal, estadual e federal. No decorrer dos debates, o plenário também indicou dez delegadas e dez suplentes, que representarão a cidade na Conferência Estadual, com realização prevista para outubro, em São Paulo.

 

Marco
 

 

A secretária de Assistência Social saudou a intensa atuação das ativistas do movimento no município e classificou o evento como um marco histórico.“Avançamos nessa luta, que é muito importante para que tenhamos uma sociedade mais justa, igualitária e com menos violência”, afirmou Celma Dias.

Para o prefeito, somente com as reivindicações constantes, a sociedade consegue assegurar conquistas. “A luta deve estar sempre presente. Foi dessa forma que surgiu a Lei Maria da Penha (que prevê prisão preventiva em casos de violência contra a mulher) e as cotas na política”, disse Oswaldo. A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Joana Fernandes Cavalcante, destacou a mobilização das mauaenses. “Estivemos na Marcha das Margaridas, em Brasília, e somos muito participativas. Precisamos apenas divulgar e sistematizar mais esse trabalho.”
 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
21/08/2011 21:08


Outras Notícias

08/07/2020

Trabalhadores da área da Cultura podem receber renda emergencial de R$ 600

Valor será pago para artistas, produtores, técnicos, curadores, oficineiros e professores de escolas de arte

08/07/2020

Mauá registra 72 novos recuperados pelo coronavírus em 24h

Cidade contabiliza um óbito por Covid-19, de acordo com novos resultados enviados pelo Instituto Adolfo Lutz

02/07/2020

2ª chamada do Edital Municipal da Cultura

O projeto será aplicado às Quartas Culturais em formato online

29/06/2020

Mauá adquire R$ 345 mil de recursos estaduais para beneficiar artistas da cidade

O edital abrange pessoas físicas e jurídicas para que enviem seus projetos culturais

08/06/2020

Cadastro dos artistas da cidade

Participe!

04/06/2020

Mauá anuncia entrega de kits de alimentação para crianças de creches durante pandemia

Prefeitura também implementará o Jantar do Trabalhador no Terminal Rodoviário Central, mais um ponto de atendimento do Restaurante Popular, além da retomada do café da manhã

11/05/2020

RESOLUÇÃO SF Nº 438 DE 8 DE MAIO DE 2020

Altera dispositivo da Resolução SF nº 417, de 3 de agosto de 2017, que dispõe sobre regras de recolhimento do ISSQN

23/03/2020

Prefeitura decreta estado de emergência a partir de terça-feira (24) em combate ao coronavírus

Outras ações são fechamento de comércio que não são essenciais e abastecimento de água por caminhão-pipa

17/03/2020

Atenção

14/02/2020

Veja aqui informações sobre o IPTU 2020: descontos, vencimentos, 2ª via e mais

Tributo terá 10% de desconto a contribuintes que não apresentarem débitos e efetuarem pagamento em parcela única