06/03/2014

Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini inicia primeira turma de médicos residentes
Aula inaugural do curso, promovido de forma inédita em Mauá, ocorreu nesta quinta-feira (6), para 13 inscritos

Roberto Mourão/ PM

Os 13 médicos atuarão no Nardini e em outras unidades da rede municipal de saúde

A Aula Inaugural da Residência Médica para 13 profissionais recém-formados foi ministrada nesta quinta-feira (6), no auditório do Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini. Os profissionais entraram no Programa Hospital-Escola, implantado pela Secretaria de Saúde, em que aperfeiçoarão suas funções dentro do conceito de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Desta forma, os residentes vão vivenciar, pelo período de dois anos, o cotidiano dos profissionais da rede municipal de Saúde, passando por todos os serviços, como no próprio hospital, nas unidades básicas de saúde, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Centro de Reabilitação e outros. 

Talita Azevedo, formada pela Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro, é uma das residentes. “Gostei das pessoas, gostei do lugar e da equipe. Estou muito confiante”, ao considerar a proposta de trabalhar em todos os serviços de Mauá. Mayra Galhedo Molina, formada em Medicina na cidade de Taubaté, também está na expectativa com o início dos trabalhos. “Por ser o primeiro ano do curso tem coisas positivas e negativas, mas, eu sempre espero o melhor. Tem tudo para todos sairmos satisfeitos, tanto a população quanto os residentes”, ponderou.

O evento teve as presenças do prefeito de Mauá, Donisete Braga, da secretária de Saúde, Célia Cristina Bortoletto, do superintendente do hospital, Morris Pimenta, e a presidente da Comissão de Residência Médica, Grace Lydia.

A aula inaugural foi com a médica clínica, Laura Camargo Macruz Feuerwerker, mestra e doutora em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (USP) e professora associada da Faculdade de Saúde Pública da USP. Ao abordar “A Residência e o SUS: desafios”, Laura Feuerwerker destacou a importância de prestar atenção ao que o usuário do serviço relata, procurando, inclusive, levar em consideração a história de vida da pessoa, como forma de facilitar o prognóstico, o diagnóstico e até o tratamento. “Existe um empobrecimento da relação do médico com o usuário. É como se o paciente não pudesse fornecer informações relevantes, o que aumenta a dependência da apresentação de exames”, destacou a médica.

Para Laura, a integralidade, que é ver o usuário sob diferentes aspectos, é o grande desafio, agregado às variações na predominância dos problemas, em que precisam ser consideradas questões como problemas crônicos, prolongamento da vida, ineficiência dos sistemas tradicionais e do modelo assistencial e dificuldades como estrutura e financiamento.

Em seu discurso, o prefeito afirmou que “a humanização tem que atingir todos os setores da rede de saúde e que todos os trabalhadores internalizem o conceito do atendimento de qualidade que queremos e temos que estimular.” Braga lembrou que o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha destinou ao Hospital Nardini R$ 23 milhões para a reforma e mudança total de ambiência. “O munícipe sempre tem razão, mesmo que ele não perceba as vidas que são salvas e faça suas reclamações, que precisam ser atendidas, o que vai colaborar para que tenhamos um serviço de excelência na nossa cidade”, disse. O prefeito foi categórico ao dizer que a Administração está empenhada na implantação do curso de Medicina no município e o projeto está em elaboração para ser apresentado ao Ministério. “Espero que estes residentes não fiquem apenas dois anos, mas que gostem daqui e decidam permanecer”, finalizou.

O superintendente do Hospital Nardini, Morris Pimenta, falou sobre a história da residência médica e contextualizou sua implantação em Mauá, afirmando que “muitas escolas de Medicina não têm conseguido formar profissionais aptos a trabalhar no Sistema Único de Saúde.” Ele elogiou a iniciativa de viabilizar o Nardini como Hospital-Escola e Hospital-Rede. “É difícil a integração, mas, com o empenho de todos e o respaldo que temos tido, vamos sair com muito sucesso”, espera Morris.

“Estamos muito felizes com esta primeira turma de Residência Médica. Nosso desafio é encantá-los e trazê-los para a maior política pública deste país. Junto com a transformação interna da Secretaria, teremos mais humanização no serviço e uma revolução na estrutura física do hospital e da rede, comemorou a secretária Célia Bortoletto. Ela falou ainda sobre a importância de conhecerem toda a rede municipal, já que, ao receber a alta do hospital, o paciente é recebido na unidade básica.

 

Em algumas áreas, a Residência Médica terá apoio da Faculdade de Medicina do ABC, como nas disciplinas de neurocirurgia e cirurgia de cabeça e pescoço, por exemplo. Estas matérias não têm campo de atuação no município, já que os pacientes têm seu atendimento realizado em Santo André, que têm referência no serviço.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
07/03/2014 12:10


Outras Notícias

21/02/2020

Confira o que abre e fecha em Mauá neste Feriadão de Carnaval

Se programe para aproveitar os parques abertos durante todo o feriado prolongado, entre os dias 22 e 26 de fevereiro

14/02/2020

Garantir o SUS só ocorre com a participação popular. Esperamos você. Inscreva-se!

O Conselho Municipal de Saúde elegerá 32 novos integrantes; inscrições começam em 2 de março

14/02/2020

Veja aqui informações sobre o IPTU 2020: descontos, vencimentos, 2ª via e mais

Tributo terá 10% de desconto a contribuintes que não apresentarem débitos e efetuarem pagamento em parcela única

27/01/2020

Programa Prefeitura Mais Você inicia ações em quatro bairros nesta quarta-feira (15)

Mais de dez serviços são oferecidos de uma só vez no novo projeto da Prefeitura de Mauá

06/01/2020

Prefeitura de Mauá oferece primeiro curso gratuito de teatro musical do estado de São Paulo

Inscrições se iniciam nesta segunda-feira (6) e vão até dia 17; audição será no dia 20 de janeiro

11/02/2020

Centro Especializado de Reabilitação será reinaugurado neste sábado

Espaço localizado na Vila Magini servirá para atender deficientes auditivos, físicos, visuais e intelectuais

05/12/2019

Mauá pode ganhar Unidade de Recuperação Energética e tem audiência marcada para o dia 12

04/12/2019

Inaugurações e shows gratuitos são parte da programação de aniversário de Mauá

Iniciativas atenderão milhares de pessoas de baixa renda no município

25/11/2019

Prefeitura de Mauá apoia corrida de rua no aniversário da cidade

Ação esportiva em prol da saúde é a terceira no município

15/01/2020

Prefeitura de Mauá reduz em 20% a tarifa de esgoto

Agora a conta passa a ter o mesmo valor da água